26 de jan. de 2021

Acalento

                      

    Queria levar algo que possível  fosse

                      retratar saudade em aprendizado
   uma acolhida querida que agora doía
    de onde não arrastasse quaisquer enganos
              Com olhos abertos e um coração reflito
                       Olhos úmidos revistos em paz contigo 
                     Rasgo o olhar para sanar um  sentido
                     Acalantando o futuro em colo firme
          pés molhados em chão agora rachado
      ressecado de sobras de alguns pesares
       a tristeza pisa na dureza das vidas
           e segue fraco com passos calados 
                ventre adentro ao tempo procura
                                                                               seguir 
arrastas  em acalento

Raros grãos

Feito pedregulho em meio a tantos outros

desagregam em grãos 

No passar do tempo adoecem meio a dureza

de escuras pedras 

Alguns raros grãos unindo - se a outros

contra a força do vento

Tentam impedir uma necrose mental 

Tantos grãos partiram ainda mais 
aos céus 

Outros desfalecem como os pedregulhos
 em átomos 

 invadidos pela ignorância regente da maestria

aos cacos, em pó 

então  vemos a civilização  decompor 
esfarelar
            esvaecer
                       desaparecer

Enquanto alguns grãos lutam insistentemente

apesar do caos

e uma luz que reflete

Podcast:  A obra literária do escritor Graciliano Ramos 

REFLETINDO VIDAS SECAS

https://padlet.com/christianeagra/ssqymyp9ftfgtdjk

23 de mai. de 2019

"História em Quadrinhos (HQ) – One plate"

Nos quadrinhos _One plate_, através dos dois personagens -Richard e Paula - fica nítido no contexto a desigualdade social.

Observa-se a meritocracia, como aborda o autor do livro _Subcidadania Brasileira_, Jessé Souza, que afirma que é pura ignorância acreditar nessa ideia, que é também corroborada pela HQ em questão. 
O homem como resultado do meio em que vive, na maioria das vezes, está inserido em uma sociedade em que há uma classe sem chance de sobrevivência digna. Como professores em formação, precisamos perceber as diferenças sociais e suas causas para conhecer o meio onde vivemos, entendê-lo e/ou transformá-lo, permitindo, através da educação aos estudantes e futuros cidadãos, a consciência crítica necessária para que as diferenças sociais sejam amenizadas. 
Seria injusto afirmar que o fracasso significa que a luta não foi suficiente, pois as condições não são as mesmas para todos. 
É importante acabar com a desigualdade social e com os preconceitos através de uma educação que ilumine mentes a ponto de tirarmos os homens da escravidão onde estamos imersos, a ignorância. Nesta HQ, temos acesso a uma história real e contemporânea onde a maioria das pessoas são como a Paula na vida, funcionando como escravos da injustiça social.






Erika
               Fabrício
                               Daniel
          Josefina
Rute


3 de mai. de 2019

Quase

                                   trago a certeza de que o corpo
                                      precisa voar um pássaro e um canto
                                    um passo, uma queda
                                uma queda e um provável voo
                            há um pássaro e um canto
               assustado em passo e em queda
       esperada queda e o instante
          voo de um provável abismo
           há um pássaro de duras penas
                             várias asas várias
                     quedas voos outras quedas
               duras penas, vagões
            enormes e muitas asas
       há um pássaro e o redescobrir
      e em meio a tantas quedas
      um voo sempre por vir
            por que o medo das asas?
               por que o medo das aves
                 que estão em vocês?
                      por que o medo de voar
                       se é na palavra voo
                        que me encontro?


23 de abr. de 2019

Jabuticabeira













"Jabuticabeira pequenina, quando desabuticabeirarizar-te-ás tu? Eu, pequenina jabuticabeira, desabuticabeirarizar-me-ei quando todas as pequeninas jabuticabeiras desabuticabeirarizar-se-ão!"

Recommended

Acalento

                           Q ueria levar algo que possível  fosse                       retratar saudade em aprendizado    uma acolhida quer...