Google+ Followers

26.11.12




Se no voo não saem as asas, 
se o abismo não principia a via, não existe voo, 
em vão não vai haver um pouso, perdemos o único recurso para o socorro, não há mais como voltar. Rasteja-se para seguir. 
Adaptações ao longo do tempo necessárias para a sobrevida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escrevam...

Corra bora medo

Feito mexer no livro pronto azedo pitanga limão. tamarindo manga verde escara infecciosa secreção por pura terra molhada pode serra mosquit...